Um jardim para chamar de seu!

Mora em um apartamento e tem pouco espaço? Tem uma área em sua casa e não sabe como aproveitá-la? Saiba que existem jardins para todos os estilos e tamanho de espaços.

Confira:

Jardim de varanda ou terraço

Para quem mora em apartamento, a varanda representa a possibilidade de ter um pouco de verde ao redor. Antes de planejar o seu jardim na varanda é preciso redobrar a atenção no momento da escolha das espécies. As mais recomendadas são as de sombra e meia-sombra, que podem ser usadas em jardineiras de alvenaria ou em vasos.

Já nos terraços, há maior incidência do sol. Para aproveitá-lo, aposte no colorido de árvores frutíferas como os pés de jabuticaba, romã e pitanga. Os apaixonados por ervas e temperos também podem reservar um local para uma pequena horta.

Jardim de inverno

Os jardins de inverno são cada vez mais utilizados em residências, apartamentos, casas, condomínios, shoppings e lugares públicos. São instalados principalmente em áreas centrais, varandas, clarabóias, corredores, halls de entrada e até em banheiros e salas de tv.

O básico do jardim de inverno são as pedras que podem ter diversos tamanhos, geralmente na cor clara ou branca, fazendo parte da decoração. Além disso, pode-se combinar com vasos de diferentes tamanhos, bancos de madeira, prateleiras, painéis de madeira, cascatas de água, plantas suspensas, árvores, troncos de madeira e até pequenos lagos.

Jardim vertical e parede viva

Os jardins verticais e as paredes vivas tem origem nos conceitos de jardinagem urbana que buscam explorar espaços que possam receber áreas verdes, cada vez mais raros hoje em dia.

Podem ser feitos em quase todos os tipos de parede e em ambientes externos e internos, sendo necessário apenas que sejam usadas as espécies vegetais adequadas para cada tipo de ambiente devido às condições de: iluminação, ventilação, água etc.

Possuem a capacidade de dar um ar novo e transmitir vida a uma parede que está apenas dividindo um espaço ou está sem vida.

Terrário

Qualquer pote de vidro, seja pequeno ou grande, pode servir de espaço para um terrário. Esse tipo de minijardim é bastante ornamental porque, além da beleza das plantas crescendo sob o vidro, revela as camadas de terra, areia e cascalho, criando lindos desenhos. A montagem é fácil e o vidro mantém a umidade sempre alta, o que facilita a manutenção.

E mais: o item de jardinagem pode virar uma aula de ciência. Se a boca do recipiente for tapada, será possível mostrar para as crianças, por exemplo, como funciona um ecossistema. Isso porque a água vai evaporar, fazer bolhas nas superfícies superiores e pingar, assim como a chuva. Aproveite, que tal dar vida nova àquele aquário ou baleiro que está sem uso no armário!

Posts Em Destaque
Posts Recentes