Frutíferas em vaso? Sim, é possível!


Mora em apartamento ou em casa sem quintal e quer ter frutíferas? Que tal plantá-las em vaso! Mesmo em espaços pequenos é possível ter frutas ao alcance das mãos.

Você mora em um apartamento com uma pequena varanda e o único item natural que compõe o ambiente é um vasinho de violetas? Com certeza você se identificou com a cena! Mas saiba que: mesmo em uma varanda pequena, é possível ter plantas maiores.

O segredo é plantar em vasos, inclusive árvores frutíferas. Mas é preciso ter alguns cuidados. Como o vaso é um espaço limitado e impede o livre enraizamento, a árvore frutífera necessita de recomposição de água e nutrientes. A única exigência é irrigar e adubar com frequência pois, neste tipo de recipiente, ela não consegue buscar esses itens como em um terreno normal.

Confira algumas espécies que podem ser cultivadas desta maneira:

Jabuticaba: a jabuticabeira requer água diariamente, gosta de muita luz e pouco vento.

Pitanga: a pitangueira gosta de terra bastante úmida. É preciso regá-la diariamente. Também requer locais bastante ensolarados e pouco vento.

Acerola: esta planta gosta de muito sol e não muita água, basta molhar duas vezes por semana.

Romã: a romãzeira precisa de bastante luminosidade e de água suficiente, podendo ser regada duas ou três vezes por semana. É preciso que a terra seque entre uma rega e a outra. Em épocas mais secas, é preciso regar diariamente.

Laranja: a laranjeira requer muito sol, pelo menos seis horas diárias, e duas regas por semana, nas épocas mais secas do ano. Nas épocas de chuva, uma vez por semana é suficiente.

Limão siciliano: esta planta requer algumas horas de sol por dia e não muita umidade. A rega pode ser feita duas ou três vezes por semana.

Pêssego: o pessegueiro precisa de sol por pelo menos quatro horas diárias. Esta planta não gosta de terra encharcada, mas precisa de regas constantes, cerca de três vezes por semana, principalmente nas épocas de estiagem.

Laranjinha kinkan: não gosta de solo úmido e precisa que a terra seque entre uma rega e outra. Esta laranjeira precisa de muitas horas de sol por dia.

Amora: a amoreira não precisa de sol direto e no dia todo, mas os galhos vão crescer em busca do sol, podendo atingir até quatro metros de comprimento. Só se deve regar a amoreira quando perceber que o solo está seco.

Cereja do Rio Grande: a cerejeira do Rio Grande gosta de bastante sol, pelo menos seis horas diárias. Deve ser plantada em vasos fundos, porque suas raízes são profundas. Esta planta se adapta bem a regiões frias. Sua rega deve ocorrer quando o solo estiver pouco úmido, cerca de duas ou três vezes por semana.

Viu como é possível ter frutas na varanda? Já pensou que gostoso, mesmo morando em um apartamento, fazer um suco de jabuticaba colhido diretamente do seu pé?

Entre em contato conosco e peça uma proposta! Temos todas as espécies e diversos tipos de vasos. Atendemos toda Curitiba e Região Metropolitana e fazemos seu projeto sem custo!

Posts Em Destaque
Posts Recentes